22/10/2011

Banqueiros ganham mais em Portugal que na Europa do Norte


Tirado de Esquerda.net (aqui).
Um administrador da banca em Portugal ganha mais do triplo de um belga e fica à frente de dinamarqueses, holandeses e noruegueses. É a conclusão de uma análise aos relatórios de 38 bancos de 17 países europeus, que confirma o aumento das remunerações dos banqueiros europeus em tempo de crise.
Os ingleses destacam-se no ranking das remunerações e o banco que mais paga aos administradores é o Barclays, diz o estudo da AlphaValue.
Os ingleses destacam-se no ranking das remunerações e o banco que mais paga aos administradores é o Barclays, diz o estudo da AlphaValue. Foto HowardLake/Flickr
O estudo é limitado pela opacidade que envolve os salários e compensações do sector financeiro. Mas segundo a amostra recolhida - 190 administradores de 38 bancos de 17 países -, a consultora AlphaValue conclui que em 2010 houve um aumento de 12,5% nas remunerações dos banqueiros, apesar do valor das acções ter sofrido uma forte queda.
O Reino Unido é apontado como o país onde os banqueiros ganham mais, e o Barclays é o campeão das remunerações. Segue-se a Suíça, a Espanha e a Alemanha. Neste ranking de treze países, Portugal ocupa a nona posição, com uma remuneração anual a rondar os 846 mil euros – uma subida de 18,3% em relação a 2009 – tendo como base a informação sobre 17  administradores de dois bancos portugueses.
Segundo este estudo, a diferença entre a remuneração dum banqueiro português e de um francês não chega a dois mil euros por mês. Dinamarca, Holanda, Noruega e Bélgica são os quatro países onde os bancos pagam pior aos seus administradores do que em Portugal. O que ajuda a explicar porque é que nestes países há menor desigualdade de rendimento do que na nossa sociedade.
Postar um comentário