04/09/2013

Arábia Saudita está na "massa de mira" da Rússia, que por sua vez coloca suas Forças Armadas em "alerta total de guerra"



 Há poucos dias a Rússia enviou alguns navios de guerra ao Mediterrâneo, dentre eles o poderoso cruzador lançador mísseis "Moskva" (foto) 


 O Departamento Central de Inteligência, mais conhecido pela sigla GRU (Glavnoye Razvedyvatel'noye Upravleniye) informou que as ordens do presidente Putin na última semana para um ataque massivo contra a Arábia Saudita caso o Ocidente ataque à Síria surpreendeu os sauditas ao ponto que eles colocar as Forças Armadas do país em alerta total de guerra.

 O Serviço de Notícias Árabe "Ah-Ahd" confirmou o alerta de guerra saudita e escreveu:
 "O Exército Saudita está em alerta total desde hoje devido ao aumento da possibilidade de um ataque militar americano contra a Síria. O comando de operação terrestre do Exército Saudita ordenou que todas as unidades da Arábia Saudita entrem em alerta de nível 2 e temores foram reforçados pelas declarações recentes do presidente russo, Vladimir Putin, em termos de um possível ataque militar de Moscou contra a Arábia Saudita".
 Nenhuma mídia russa toca nesse assunto, sobretudo os órgãos de mídia estatais. No entanto, o vice-presidente do partido paquistanês Aamiat Ahle Hadith (JAH), o senhor Allama Zubair Ahmad Zaheer convocou uma coletiva de imprensa para criticar Putin por tais palavras e irá convocar protestos em todo país em solidariedade à Arábia Saudita.
 Putin tomou essa decisão depois que soube pelo próprio GRU que a Arábia Saudita iria financiar os terroristas para que esses realizem ataques durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, que acontecerão na cidade russas de Sochi.
 Por falar em terroristas, Putin ficou furioso durante uma reunião em agosto passado com o princípe saudita Bandar bin Sultan, depois que esse pediu para que a Rússia reconhecesse que "perdeu a Síria". Na ocasião bin Sultan que a posição russa em relação a Síria, desencadearia ataques chechenos em seu mandato, ataques que causaria caos e morte durente Sochi-2014.
 Em relatório o GRU afirma que os "movimentos de guerra" sauditas e a inquietação dos paquistaneses contra a Rússia estão sendo orquestradas por Obama.
Postar um comentário