08/03/2011

A quê caralho jogamos? [actualizaçom da notícia]

http://a8.sphotos.ak.fbcdn.net/hphotos-ak-ash4/184845_1674774547287_1175154076_31476425_6113853_n.jpg

Recentemente faziamo-nos eco, com preocupaçom mal disimulada, da petiçom do senador do BNG de instalar umha base de avions-espia da NATO na Galiza, algo que contravém totalmente a tradiçom anti-imperialista do nacionalismo galego. Desde que o nacionalismo galego é nacionalismo galego. A entrada em questom está ao vosso dispor aqui sob o título "O BNG reclámalle a Defensa no Senado unha base de avións espía para a Limia".

Naquela entrada fazia-se umha crónica do acontecido desde a interpelaçom no Senado de Pérez Bouza em 3-3-2011 até o dia 6. Engadimos agora mais alguns dados.
.
O blogue Renovar BNG 2.0, do entorno da Mocidade Nacionalista Galega (MNG), centrou-se também neste surrealista proceder da organizaçom maioritária do nacionalismo galego em dous post que podedes ler aqui e aqui. Isca! e o Movimento Galego ao Socialismo, organizaçons irmás integradas no BNG, pola sua banda organizaram umha comitiva galega para a passada cimeira da NATO em Lisboa.

Hoje mesmo aparecia por vez primeiro algo ligado com a notícia no espaço web do Bloco Nacionalista Galego. Infelizmente nom deixa pé a dúvidas com nacos tam "afortunados " como este:

O parlamentar do BNG díxolle á Ministra que “a decisión do Goberno de defender calquera das dúas opcións debe seguer criterios técnicos e non políticos”. Engadiu que “unha decisión deste tipo substentada sobre criterios políticos case sempre incorre nunha decisión inxusta”.
De aí que demandase a Chacón que “sexan xustos na toma de decisión sobre este tema e sigan criterios exclusivamente técnicos. Se a mellor opción é Trasmiras, apóiena e non lle poñan trabas”.
Pérez Bouza reprochou á Ministra que non respostase ás perguntas concretas do BNG índose pola tanxente, e destacou a importanza “do proxecto para Ourense porque daría un grande impulso a unha zona deprimida”
.

Para as moças e moços do Encontro Irmandinho o anúncio de Pérez Bouza é a última volta de porca dumha direcçom do BNG totalmente divorcioada da sua base social e cada vez mais desorientada. Umha impostura  esta em que ainda nos resulta difícil acreditar. Ampliamos informaçom aqui:
http://revoltairmandinha.blogspot.com/2011/03/que-caralho-jogamos-ii.html

Um comentário:

Unknown disse...

À candidatura de Trasmiras para acolher umha base militar de avions espias da NATO, há que somar agora a do aeródromo de Roças, em Outeiro de Rei. O Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial (INTA) dependente do Ministério espanhol de Defesa, leva semanas a realizar provas nas suas instalaçons, com o propósito de comprovar se poderia acolher a base de avions espias que a EADS, um dos grandes consórcios militares mundiais, quer instalar em território do Estado espanhol para uso dos exércitos norteamericano e espanhol. A opçom das Roças apresenta-se hoje na imprensa galego-espanhola como a melhor, já que tanto a de Trasmiras como a de Huelva nom disponhem de pistas. A informaçom transcendeu à imprensa a raiz da assinatura de umha concessom demanil por parte do Ministério de Defesa, que é o proprietário dos terrenos. De momento a INTA tem prevista a reforma da torre de controlo e do resto dos prévios, o que poderiam ser os passos prévios para instalar em território galego a base espia da NATO.

http://galizalivre.org/?q=noticia/29.03.2011/nova-candidatura-galega-para-base-militar-de-avions-espia-outeiro-de-rei