15/01/2014

Bloco prepara o seu programa para as europeias

Tirado do Esquerda.net (aqui).

O coordenador do Bloco de Esquerda, João Semedo, disse neste sábado que o partido não se vai diluir em "qualquer outra candidatura" às eleições europeias de Maio, avançando este domingo na preparação do seu programa eleitoral.
  O coordenador do Bloco de Esquerda, João Semedo, disse neste sábado que o partido não se vai diluir em "qualquer outra candidatura" às eleições europeias de Maio - Foto de Paulete Matos
 
"Em nenhuma circunstância, o Bloco de Esquerda abdicará de se candidatar às próximas eleições europeias. Recusamos diluir-nos em qualquer outra candidatura que faça desaparecer o Bloco de Esquerda", disse à agência Lusa João Semedo, coordenador do partido.

Semedo falava dias depois de os promotores do manifesto 3D anunciarem à comunicação social a intenção de formalizar uma proposta ao Bloco de Esquerda e à Comissão Instaladora do Livre para uma candidatura conjunta às eleições europeias de Maio. Quatro dias depois, esse contacto estava por acontecer.

José Manuel Pureza admitiu ao “Público” alguma reserva sobre este “método de trabalho”. “O processo de conversas está em aberto e penso que devia ser seguido com muita discrição, cautela e sem demasiada exposição pública”, diz Pureza, membro da Comissão Política do Bloco.

Na agenda bloquista para essa futura reunião há duas questões que estarão em cima da mesa: “Convergência à volta de quê em concreto e com que modelo”. No entanto, o Bloco distancia-se desde já da corrente de opinião que está na disposição de “desculpabilizar” o PS por estar “encostado à direita”.

Com independentes para pensar alternativas na Europa

João Semedo sublinhou que o partido está a preparar a sua candidatura, cujas linhas principais foram aprovadas recentemente pela Mesa Nacional. "Estamos a mobilizar e convidar um conjunto de independentes para integrarem um grupo de reflexão que discuta e elabore o nosso programa às europeias", disse João Semedo.

O partido junta no domingo, num hotel em Lisboa, cerca de 40 personalidades que foram convidadas para "pensar alternativas na Europa", diz a carta-convite a que a agência Lusa teve acesso.

Entre as várias personalidades convidadas, estarão presentes António Pinho Vargas, Alfredo Barroso, Jacinto Lucas Pires, Vera Correia, José Luís Peixoto e Ana Luísa Amaral.

"Pensar alternativas na Europa é o convite que faremos a outros cidadãos, em Portugal e noutros países, protagonistas de uma Europa dos trabalhadores e da democracia. Para ter presente em Maio de 2014 uma proposta forte e mobilizadora, articulada com as esquerdas de toda a Europa", diz a missiva endereçada pelo Bloco.
Postar um comentário